O Coquinho de Quelé está de volta

Um aviso aos saudosistas e apreciadores: O Coquinho de Tia Quelé já voltou a ser produzido, com a mesma qualidade que o tornou conhecido e atravessou os limites de Canavieiras para ganhar o mundo. Os primeiros coquinhos produzidos já foram analisados neste sábado (12), durante uma assembleia ordinária da Confraria d’O Berimbau, cujos membros foram pilotos de prova e aprovaram com honra e mérito.

Prestes a completar 89 anos, dona Clemência Vieira Costa, a Tia Quelé, não é mais a responsável pela produção do coquinho que se tornou uma iguaria etílica de maior prestígio em Canavieiras. Agora, o responsável pela manufatura das “peças” é o seu bisneto Paulo Henrique, a quem Tia Quelé repassou todos os conhecimentos e saberes dos afamados coquinhos.

Além dos primeiros coquinhos fabricados, Paulo Henrique também apresentou na Confraria d’O Berimbau a logomarca do coquinho, que saíra da fábrica devidamente rotulado, pronto para ser reconhecido no mercado. O bisneto de Tia Quelé já tinha prometido fabricar duas edições de coquinhos, uma ser consumida no Carnaval e outra para o próximo mês, quando Tia Quelé completará 90 anos.

No começo deste ano, uma comissão de alto nível integrada por Raimundo Antônio Tedesco, Antônio Amorim Tolentino, Tyrone Perrucho, Nelson Barbosa e Walmir Rosário fizeram uma visita a Tia Quelé. Na oportunidade, relembraram as visitas diárias (ou quase) à casa de Tia Quelé para saborearem o famoso coquinho. Muitas revelações foram feitas, como filar aulas para bebericar.

A visita resultou em duas matérias jornalísticas elaboradas pelos jornalistas Tyrone Perrucho e Walmir Rosário, publicadas em vários jornais e sites de notícias, a exemplo do Agora, Tabu, Cia da Notícia, Costa Sul FM, dentre outros. Promessa feita, promessa cumprida e o coquinho de Tia Quelé estará de volta em poucos dias, para a alegria dos velhos apreciadores e os futuros, que já conheciam o produto pelas histórias dos mais velhos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!