Rede de Mulheres realiza seminário de inclusão produtiva em Canavieiras

O auditório da Escola Estadual 15 de Outubro sediou na última sexta-feira (8), o encerramento do 1º Seminário de inclusão produtiva da região da Resex de Canavieiras.

O seminário foi organizado pela Associação Mãe da Reserva Extrativista de Canavieiras (AMEX), uma associação de base comunitária formada por pescadoras artesanais que realiza vários projetos de inclusão produtiva nas comunidades, juntamente com Jaqueline Sicupira e Geiziane Souza, e contou com a participação das 14 associações de Canavieiras .

Mulheres das comunidades extrativistas pesqueiras de todo sul da Bahia e de 4 reservas da Resex do estado (Resex Bahia do Iguape de Maragogipe em Salvador, Resex de Corumbau, Resex de Cassurubá), além de representantes do movimento Teia dos povos, debateram durante todo dia questões de interesse da classe das pescadoras e marisqueiras.

Geiziane Souza, uma das organizadoras do seminário, explica que a rede de mulheres é uma entidade criada para articular as mulheres pescadoras e marisqueiras da região, uma vez que a maior parte das associações é composta por mulheres. Ela informa que  o projeto, que se encerrou nesta sexta-feira com o seminário, teve início em fevereiro e, ao longo do ano foram realizadas oficinas que abordaram temas como a reserva extrativista, boas práticas na produção, além de legislação, direitos e saúde da mulher.

Segundo Jaqueline Sicupira, este projeto piloto foi um marco para a AMEX, pois foi a primeira vez que foi firmado um convênio com o programa das Organizações das Nações Unidas (ONU) para o desenvolvimento, através do Ministério do Meio Ambiente, com o objetivo de organizar a cadeia produtiva da pesca dentro de um coletivo. “Temos muito interesse de dar continuidade à esse convênio realizando outras edições para, assim, dar sequência ao atendimento às pescadoras artesanais”, conclui.

 

Foto: Costa Sul FM

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *