http://tabuonline.com.br/wp-content/uploads/2019/02/publi_728x90px.gif

Abuso sexual de menores em Parque de diversões choca Canavieiras

Na noite dessa sexta-feira (20), estrutura do parque começou a ser desmontada após pedido de fechamento da Prefeitura
Em investigação da Polícia Civil da cidade, duas menores de Canavieiras, que estavam dadas por desaparecidas, estariam com homens de um parque de diversões instalados na cidade e teriam sofrido abusos sexuais.
As meninas tem 17 e 12 anos e os suspeitos já foram ouvidos e já estão detidos por estupro de vulnerável. Após divulgação do caso na manhã dessa sexta-feira (20), estrutura do parque já começou a ser desmontada na noite do mesmo dia.
Segundo informações do Blog Paulo José, o delegado Renato Fernandes, responsável pelas investigações na cidade, explicou que o consentimento de menor de 12 anos se presume estupro. O delegado disse ainda que ao ser ouvida, uma das menores tentou inventar uma história, mas que o caso já foi esclarecido.

Em nota divulgada no início da noite dessa sexta-feira (20) sobre o caso, Prefeitura Municipal de Canavieiras informou que já tomou as atitudes cabíveis para fechamento do mesmo e que a Secretaria de Assistência Social e o Conselho Tutelar da cidade já fizeram o acolhimento da família da menor disponibilizando acompanhamento psicossocial pelo CREAS.  Segundo a nota, ainda será disponibilizado também  pelo município os serviços de advocacia popular para auxiliar o caso e garantir os direitos das menores envolvidas.

O Parque  de diversão está há 20 dias instalado na travessa Benjamin Costant, em Canavieiras, para os festejos de São Boa Ventura, e já há alguns anos vem nesse período para a cidade. Porém, esse ano, ao invés de se instalar na Praça São Boa Ventura, como de costume, foi instalado na Travessa Benjamin Constant, que fica na área Central, entre a Rua Otávio Mangabeira e Rua Benjamin Constant, bloqueando não só essa travessa, como uma das faixas da Rua Benjamin Constant.

A mudança do parque para o local já não estava agradando os moradores dos arredores devido ao acúmulo de lixo no local, bloqueio total da travessa e parcial da rua Benjamin Constant. A iluminação precária à noite na Travessa onde o parque estava (lado da Benjamin Costant) foi outro fato apontado por moradores.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!