Passeata a favor da transformação da Resex em APA será no próximo dia 18

A Comissão organizadora do movimento que pretende transformar a Reserva Extrativista (Resex) de Canavieiras em Área de Preservação Ambiental (APA) está mobilizando a comunidade de Canavieiras, Una e Belmonte para participar da 2ª caminhada. O evento está marcado para ser realizado 8 horas de sábado, 18 de agosto, com saída da praça Maçônica, seguido pela rua 13 (Octávio Mangabeira) até a praça da Bandeira, em frente a Prefeitura, onde serão realizados os atos pró APA.

Segundo os organizadores, Canavieiras, Una e Belmonte estão com suas economias estagnadas, pois a Resex não permite a geração de emprego e renda à população, e se resume apenas a beneficiar um pequeno grupo político. A Campanha, que tem o slogan “Natureza sim, Resex não”, ressalta que a oportunidade deve ser dada de maneira irrestrita à população, e com a Resex Canavieiras se encontra atualmente impedida de promover o desenvolvimento com igualdade para todos.

Na terça-feira (7), durante a sessão da Câmara Municipal, os vereadores Cacá Guimarães e Jorge Garcia, se manifestaram em plenário, convidando a população para a caminhada, explicando as vantagens da APA para Canavieiras e os prejuízos advindos com a Resex. Enquanto falavam, os vereadores foram vaiados por um grupo ligado à Resex, numa atitude antidemocrática, sendo prontamente repelido pelos vereadores.

Jorge Garcia explicou que a população de Canavieiras está sendo segregada dentro do próprio município, cerceada no direito constitucional de ir e vir, bem como de exercer suas atividades profissionais. “A comunidade está apreensiva com a publicação da Portaria 313,  que propõe uma série de restrições à população e visitantes. A medida é descabida, ilegal e constrangedora”, disse o vereador.

De acordo com os organizadores, a proposta é apoiar o Projeto de Lei 3068/15, do deputado Sérgio Brito (PSD-BA), que cria Área de Proteção Ambiental (APA) nas regiões de Canavieiras, Belmonte e Una. Pela proposta, a APA terá aproximadamente 100.645,85 hectares, substituindo a Resex. A proposta já foi aprovada na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!