Mais seis idosos registram denúncia contra estelionatária presa em Canavieiras

Dona Maria D’ajuda, 76 anos, também foi enganada e teve seu cartão usado para fazer empréstimos e transferências.

Aberto inquérito e decretado prisão preventiva de Laytyane Costa por formação de bando e quadrilha nesta segunda-feira (8), quando mais seis denúncias de crimes atribuídos a ela contra idosos chegaram à Delegacia de Canavieiras.

De acordo com as investigações conduzidas pelo delegado Renato Fernandes, a acusada  se apresentava como cuidadora de idosos e aplicava o golpe há pelo menos 4 anos.  Há suspeitas de que ela não agia sozinha, uma vez que conseguia documentos de banco, cartões e dados do INSS dos aposentados com facilidade. As vítimas, na sua maioria, não sabem ler e escrever e moram sozinhas.

Nesta segunda-feira (8), Laytyane Costa foi reconhecida por outras vítimas como Dona Maria D’ajuda dos Santos, 76 anos, que foi levada a delegacia pela filha para prestar queixa contra a estelionatária que era sua vizinha. A filha de Dona Maria D’ajuda, Cecília Santos, conta que a mãe emprestou o cartão a Laytyane há dois meses para que ela a ajudasse a pagar contas atrasadas, mas fez vários empréstimos e transferências sem a idosa saber. Quando a idosa foi com a filha sacar o benefício viram o saldo negativo em quase 700 reais e foram informadas pelo banco que a dívida estava em R$ 12.300.

O aposentado Vivaldo dos Santos, de 79 anos, também foi enganado por Laytyane e foi prestar queixa. Ele conta que foi levado a Itabuna pela acusada com promessa de ter um débito quitado. Ao chegar à agência, ele, que não sabe ler, assinou um papel que, segundo Laytyane, garantia que ele não pagaria mais ao banco e que receberia o salário integral. Porém, depois disso, ele não recebeu mais nada.

A acusada segue presa após ser autuada em flagrante no sábado (6), por estelionato e por retenção de cartão magnético da idosa Maria Luzia de Jesus, 82 anos, que ela mantinha em sua casa se aproveitando dos benefícios que a idosa recebia fazendo saques em banco.

Laytyane foi localizada após família da idosa, que reside em Santa Luzia, registrar queixa do seu desaparecimento após quase uma semana sem notícias. Com Laytyane  foram encontrados os documentos da idosa, 17 cartões de benefícios de aposentados, procurações e contratos de empréstimos consignados, além de documentos pessoais de outros idosos.

Segundo informações da delegacia, além da cuidadora, outras cinco pessoas estão sendo investigadas.

Foto: Divulgação: Polícia Civil e TV Santa Cruz

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!