Servidores estaduais são premiados pela realização de projetos sociais

O Sul da Bahia foi representado pelos servidores sargento Malherbe Bispo, de Ilhéus, e o canavieirense Boaventura Freire

Servidores do Estado da Bahia  foram premiados durante a 15ª edição do Prêmio Servidor Cidadão, na tarde desta quinta-feira (25), no auditório do Centro de Operações e Inteligência 2 de julho, no Centro Administrativo da Bahia (CAB) pelos trabalhos que desenvolvem em projetos sociais de forma voluntária.

Na ocasião, 10 funcionários foram contemplados,  dentre eles dois representantes do sul da Bahia. O sargento da Polícia Militar de Ilhéus Malherbe Bispo ficou com a terceira colocação pelo projeto Atalaia Comunidade Terapêutica’, que  há 26 anos atende pessoas em situação de rua em Ilhéus e  o canavieirense Boaventura Freire ficou na sexta colocação pelo trabalho que desenvolve no Projeto Esporte e Ação no Clube Desportivo Canes – CDC nas modalidades  esportivas escolinha de futsal e vôlei.

O Servidor Cidadão distribuiu R$ 42 mil em prêmios, contemplando os que ficaram do 1º ao 10º lugar.  O primeiro lugar ficou com Rosane Jovelino, servidora da Secretaria da Administração (Saeb), pelo projeto ‘Núcleo Produtivo de Ostras em Cativeiro’, que é desenvolvido em Cachoeira e envolve 14 comunidades quilombolas. “O projeto surgiu a partir do potencial da região e com o objetivo de fortalecer a economia local. Hoje já envolve diretamente 75 famílias e mais de 300 pessoas indiretamente. Esse prêmio significa a conquista de direitos e fortalecimento de comunidades que foram ignoradas pelas políticas públicas ao longo do tempo”, afirmou a servidora, que ganhou R$ 10 mil.

Segundo o superintendente de Recursos Humanos do Estado, Adriano Tambone, 96 funcionários concorreram ao prêmio. “Ele é aberto a todos os servidores do Estado e de todos os poderes. O servidor pode apresentar projetos que desenvolvam algum benefício social para a comunidade na qual está inserido. Dos inscritos, a comissão de avaliação selecionou os 20 melhores”, explicou.

O projeto ‘Nosso Bordado”, que ensina a técnica da renda para mulheres de Dias D’Ávila, conquistou o segundo lugar e o prêmio de R$ 7 mil. Idealizado por Dinoélia Trindade, servidora aposentada da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), o projeto também recebeu o prêmio destinado às instituições e levou mais R$ 10 mil.

A premiação de R$ 5 mil, referente à terceira colocação, ficou com o sargento da Polícia Militar de Ilhéus Malherbe Bispo,lotado na 68ª CIPM . Ele desenvolve o projeto ‘Atalaia Comunidade Terapêutica’, que  há 26 anos atende pessoas em situação de rua em Ilhéus, no sul do estado.  O projeto funciona em um sítio alugado na Rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), e se mantém com recursos do sargento e de doações da comunidade e de familiares, atendendo moradores de Ilhéus e de outras cidades da região cacaueira que ficam internados participando de atividades físicas e terapêuticas como artesanato, pintura, leitura, além de aprenderam a trabalhar na horta.

Já os servidores classificados do sexto ao décimo lugar receberam R$ 1 mil, como o canavieirense Boaventura Freire, que ficou na sexta colocação pelo trabalho voluntário que desenvolve desde o ano de 1992 no Projeto Esporte e Ação no Clube Desportivo Canes – CDC. O Projeto atende aproximadamente 350 participantes, de crianças a adultos, nas modalidades esportivas escolinha de futsal masculino, vôlei feminino e masculino e vôlei para iniciantes no Centro Esportivo Júlia Thomson e no GECA – Ginásio de Esportes de Canavieiras,.

Reconhecimento

A premiação é uma iniciativa da Saeb. O secretário da pasta, Edelvino Góes, destacou que “este é um momento de reconhecimento do servidor público da Bahia que tem auxiliado muito na melhoria da qualidade de vida da população. Esses servidores também fazem, no seu horário fora do expediente, ações de voluntariado, o que mostra o compromisso do nosso servidor por uma sociedade melhor e mais justa”.

A abertura do evento foi realizada pela secretária de Políticas para as Mulheres, Julieta Palmeira, que discutiu os desafios das mulheres no mercado de trabalho. O procurador-geral do Estado, Paulo Moreno, também acompanhou o evento ao lado de outras autoridades.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!